E se você pudesse criar super colaboradores?

Escrito por Amanda Dias

em 28 de maio de 2024

Inscreva-se para receber nossas novidades

Enviaremos novidades, promoções e muito conteúdo educativo todo mês com exclusividade.

Super colaboradores | Como líder de RH e aquisição de talentos (AT), o objetivo mais importante é aumentar o talento dentro da organização.

A organização atrai, contrata e desenvolve as habilidades dos funcionários. Além disso, oferece ótimos salários, benefícios e oportunidades que melhoram a experiência dos colaboradores.

No entanto, a organização não presta tanta atenção aos dados pessoais. É possível aproveitar os dados para atingir os objetivos e planejar o futuro, em comparação com outras partes da organização.

Super-heróis com poderes sobrenaturais fascinam crianças, tornando-os versões melhores de si mesmos.

Como líderes, é possível usar dados pessoais para elevar os colaboradores a um nível de super desempenho que nunca consideraram possível. Pode-se argumentar que RH e aquisição de talentos têm uma dupla dinâmica de dados pessoais ao seu alcance. Isso capacita as organizações a construir e desenvolver super colaboradores.

Muitas vezes, as pessoas veem os dados pessoais como uma referência de desempenho e não como um elevador de desempenho. A narrativa deveria mudar, pois para que as pessoas vejam os dados pessoais não como algo utilizado apenas para recolher informações sobre os trabalhadores, mas como algo que pode ajudá-los a melhorar e desenvolver suas carreiras.

Contudo, os dados pessoais podem tornar todos super colaboradores, ajudando a diagnosticar onde e como podem ter um melhor desempenho, ao mesmo tempo que fornecem feedback sobre o progresso ao longo do caminho.

Como os líderes podem usar dados pessoais para desenvolver super colaboradores:

  • Estabelecer um entendimento entre líder e funcionário de que eles desejam se tornar a melhor versão de si mesmos para garantir que estejam na mesma página.
  • Mudar a mentalidade em torno do uso de dados pessoais como uma “pegadinha” e começar a usá-los como uma ferramenta para descobrir onde os colaboradores precisam se desenvolver. Pode mostrar onde os trabalhadores (ou a organização) ficaram aquém. Reduza o tempo questionando dados e dedique mais à compreensão para otimizar a experiência do funcionário.
  • Compreenda como as informações foram obtidas, em vez de questionar incessantemente os dados. Essa mudança de foco pode gerar insights valiosos para aprimorar seus processos.

Ensaboe, enxágue e repita. A consistência na forma como se usa e age a partir dos dados pessoais é um sinal poderoso para a força de trabalho de que todos estão envolvidos, pois não é apenas uma moda passageira que agrada hoje, mas que poderá não agradar amanhã. Os trabalhadores têm uma melhor experiência quando sabem o que esperar e recebem regularmente a responsabilidade de seus líderes.

É hora de a valorização e o uso dos dados pessoais pela liderança chegarem aos gerentes e trabalhadores. Mostre aos líderes como os dados pessoais podem ser os defensores mais poderosos de suas carreiras e futuros.

 

Referência

Quem leu esse artigo também leu esses…

Confira os destaques do Release Oracle HCM 24B!

Confira os destaques do Release Oracle HCM 24B!

Ontem, 22 de maio, a Stratview realizou mais uma edição do Webinar Release Oracle HCM 24B. Com mais uma rodada de atualizações, a Oracle trouxe no release 24B novas formas de utilizar suas soluções, garantindo que seus usuários tenham a melhor performance com seus...

Oracle Cloud HCM: 10 motivos para escolher a solução

Oracle Cloud HCM: 10 motivos para escolher a solução

Oracle Cloud HCM | Em todos os setores, o que era considerado uma prática recomendada confiável foi fundamentalmente interrompido. Agora as empresas enfrentam novos desafios todos os dias e estão redefinindo o que é melhor para seus negócios. O RH não é exceção e,...

×

Olá!

Clique no botão para conversar no Whatsapp.

× Como posso te ajudar?